Clicky

Selecione a cidade
4020-9734

Notícias › Educação


Projeto da UNG oferece serviços gratuitos de saúde bucal

Ação acontece em escolas pública e além de conscientizar os estudantes sobre a escovação, promove orientação nutricional e atividades lúdicas
Assessoria de Comunicação Por: 26/09/2017 - 10:56 - Atualizado em: 26/09/2017 - 11:00
Imagem mostra apresentação de teatro sobre saúde bucal
Crianças interagem com a apresentação do Teatro de Fantoches

Por: José Lima

A Universidade UNG, Campus Guarulhos Centro, em parceria com a Secretaria da Saúde de Guarulhos e o Programa de Saúde Escolar do Município, desenvolve o Projeto Educando Sorrisos, que teve início em março deste ano e, desde então, percorre as escolas públicas do município para oferecer serviços de saúde bucal. A ação tem como objetivo acolher o alunado do município e estimular a criança que está na fase escolar a cuidar da boca e dos dentes, por meio de ações de preventivas, promovendo assim a promoção e atenção à saúde.

Dentre as atividades do projeto destacam-se a equipe dos Doutores do Sorriso, Orientação de Escovação, Orientação Nutricional, Teatro de Fantoches, Músicas Educativas, Jogos e Escovação Supervisionada. Ao todo, 27 estudantes do curso de Graduação e Pós-graduação em Odontologia da Universidade realizam atividades, desenvolvidas com crianças de 0 a 12 anos de idade. O tema é abordado com dinâmicas de grupo e materiais educativos confeccionados pelos acadêmicos. Além disso, um kit de escovação também é disponibilizado pela Secretaria de Saúde do Município para as crianças participantes.

Na opinião da Dra. Tânia Ribas, “para o estudante do curso de Odontologia, o projeto contribui para uma formação humanística voltada à promoção de saúde, despertando a reflexão sobre a importância da educação em saúde, relacionando-as com as condições de vida da comunidade”. A professora, que é responsável pelas atividades de extensão da Graduação em Odontologia, explica ainda que até o final do ano estima-se atender cerca de 1.200 estudantes da rede pública.

 

 

Comentários